MAR

MAR

29 maio, 2018

O Livro das Lendas de Selma Lagerlöf



Nove pequenos contos maravilhosos escritos de forma simples, repletos de personagens e lugares misteriosos, mágicos. As lendas e o quotidiano rural, a crença religiosa e a crença popular mesclam-se de forma natural. E valores como a honra, a honestidade, a humildade e a felicidade prevalecem sobre alguns vícios. 
Foi o primeiro livro da autora que li e prometo voltar.



28 maio, 2018

E ao anoitecer


Image result for e ao anoitecer adquires nome de ilha ou de vulcão  deixas viver sobre a pele uma criança de lume  e na fria lava da noite ensinas ao corpo  a paciência o amor o abandono das palavras  o silêncio  e a difícil arte da melancolia
                                                                  foto retirada da web


E ao anoitecer

e ao anoitecer adquires nome de ilha ou de vulcão
deixas viver sobre a pele uma criança de lume
e na fria lava da noite ensinas ao corpo
a paciência o amor o abandono das palavras
o silêncio
e a difícil arte da melancolia

Al Berto




24 maio, 2018

Um Crime no Expresso do Oriente de Agatha Christie




Há muito que não lia um livro policial. Em tempos, li alguns desta autora, mas não me recordo de ter lido este. Claro que facilmente o leitor se apaixona pela escrita e pela forma como Agatha Christie escreve o enredo. Hércule Poirot é o detective que conduz magistralmente a investigação e que sabiamente engana o leitor facultando-lhe dados e pistas que revelam muita coisa, não revelando nada. Perspicaz e inteligente e com um forte poder de dedução, Poirot desvenda mais um caso e surpreende o leitor.



21 maio, 2018

Com o mar por meio. Uma amizade em cartas de Jorge Amado e José Saramago



Trata-se da troca de correspondência (entre 1992 e 1998) de dois grandes escritores de língua portuguesa, Jorge Amado e José Saramago. O facto de terem “o mar por meio”, não foi impedimento para que uma cumplicidade e sobretudo uma forte amizade se estabelecessem entre os dois e as suas respectivas companheiras, Zélia Gattai e Pilar del Rio. 

A leitura deste pequeno livro, permite ao leitor conhecer um pouco melhor a dimensão humana destes dois grandes vultos da nossa língua. Gostei muito.




18 maio, 2018

As velas ardem até ao fim de Sándor Márai






É a segunda vez que leio este livro magnífico. Trata-se de uma história sobre a amizade mas também sobre o amor, a traição, a vingança (?), a solidão e o confronto em busca da verdade. 
A escrita simples mas profunda leva o leitor a refletir sobre a vida e o relacionamento de dois amigos que cresceram juntos mas que por uma circunstância, que não vou revelar, se separaram durante 41 anos. É no reencontro que o tal confronto em busca da verdade se fará.