MAR

MAR

21 julho, 2013

Mia Couto nomeado para o Prémio Neustadt de Literatura nos EUA





Mia Couto integra a lista de finalistas da 23.ª edição do Prémio Internacional Neustadt de Literatura 2014, anunciada pela revista World Literature Today, da Universidade de Oklahoma, nos Estados Unidos da América.

A lista de nomeados  inclui também o escritor argentino César Aira, a vietnamita Duong Thu Huong, o ucraniano Ilya Kaminsky, o japonês Haruki Murakami, o norte-americano Edward P. Jones, o sul-coreano Chang-rae Lee, o palestiniano Ghassan Zaqtan e Edouard Maunick, das Ilhas Maurícias.

O Prémio Neustadt “é o mais prestigiado galardão literário internacional atribuído nos Estados Unidos” a escritores de diferentes nacionalidades, “exclusivamente com base no mérito literário”, sendo por isso considerado o “’Nobel’ americano”.

O prémio é atribuído de dois em dois anos, através da Universidade local, e tem o valor de 50 mil dólares (cerca de 38 mil euros). Foi atribuído pela 1.ª vez em 1970.


Os membros do júri do prémio  reúnem-se em Outubro, na Universidade de Oklahoma. O vencedor é  anunciado a 1 de Novembro, durante o Festival Neustadt Internacional de Cultura e Literatura. 



20 julho, 2013

Sob o signo de Amadeo. Um século de arte

Sob o signo de Amadeo. Um século de arte - exposição comemorativa 30º aniversário CAM


 26 julho 2013 a 19 janeiro 2014
14.00 às 18.00
Centro de Arte Moderna


No ano em que comemora o trigésimo aniversário da sua abertura ao público, o CAM apresenta o melhor da sua coleção, numa grande mostra com obras de 1910 até aos dias de hoje. Com o título SOB O SIGNO DE AMADEO UM SÉCULO DE ARTE, vai ocupar todas as salas do Centro de Arte Moderna, reunindo uma vasta e criteriosa escolha daquela que é considerada a mais significativa coleção de arte portuguesa do século XX. Pela primeira vez será apresentado o acervo completo de Amadeo de Souza-Cardoso, o grande pioneiro do modernismo em Portugal, e uma das grandes referências da Arte do século XX

17 julho, 2013

Rokia Traoré no FMM

 
 



        No dia 25 de julho, Rokia vai estar, de novo  e pela terceira vez, presente no palco do castelo do FMM, em  Sines, para apresentar o seu mais recente trabalho "Beautiful Africa".

FMM SINES - 18 a 27 JULHO





Com 43 espetáculos, entre 18 e 27 de julho, o Festival Músicas do Mundo  comemora o seu 15.º aniversário.

 





 

13 julho, 2013

José Luís Peixoto ganha Prémio Salerno Livro d'Europa



Livro



O escritor José Luís Peixoto  venceu a primeira edição do Prémio Salerno Livro d`Europa, em Itália, com a obra Livro.
 
O júri  que decidiu o prémio, com um valor pecuniário de 5 mil euros, foi constituído por 50 leitores e 50 personalidades ligadas ao meio editorial italiano.
 
Livro foi publicado em 2010, pela Quetzal Editores, e foi também finalista do Prémio Femina, atribuído em França.
 
O Prémio Salerno Livro d’Europa teve, como outros finalistas, a francesa Jakuta Alikavazovic, autora de La Bionda e il Bunker, na tradução italiana, o suíço  Arno Camenisch , autor de  Dietro la Stazione, o italiano Paolo Di Paolo, com Mandami Tanta Vita e a alemã Judith Schalansky com Lo Splendore Casuale delle Meduse.
 
José Luís Peixoto já venceu  em 2001, o Prémio Saramago com o romance Nenhum Olhar, e foi  distinguido com os prémios Daniel Faria e Cálamo Outra Mirada, ambos em 2008.
E Cemitério de Pianos (2006) está na primeira lista do Prémio Impact Dublin.

11 julho, 2013

Festival Terras sem Sombra - sessão de encerramento, Sines






A 10ª edição de Terras sem Sombra - Festival de Música Sacra do Baixo Alentejo, tem como lema “Punctum contra Punctum. Polifonias de Machaut a Ligeti” e decorrerá em oito localidades baixo-alentejanas, aliando os concertos a acções de sensibilização para a preservação da biodiversidade.
A decorrer desde Abril,o último concerto realiza-se no dia 13 de Julho com a Camerata Bocherini e a soprano María José Moreno, na igreja matriz de Sines.


Igreja Matriz do Santíssimo Salvador, Sines

13 JULHO - 21h20
 
NA MÃO DE DEUS
 
 
 ARNOLD SCHOENBERG, LUIGI BOCCHERINI
Soprano María José Moreno
Camerata Boccherini
Violinos Massimo Spadano e Ludwig Durichen
Violeta Luigi Mazzucato
Violoncelo David Etheve
Contrabaixo Tod Williamson

08 julho, 2013

Maria Bethânia e Dona Cleo lendo Fernando Pessoa - FLIP 2013





 
 
Na 11ª edição da FLIP,  a cantora Maria Bethânia e a crítica literária Cleonice Berardinelli, "Dona Cleo", leram poemas de Fernando Pessoa.
 
A Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP) teve lugar  nos dias 03 a 07 de Julho e teve, este ano,  como homenageado o escritor Graciliano Ramos.

Dos poemas lidos destaco:
 
Todas as Cartas de Amor são Ridículas


Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.
Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.



As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.



Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram

Cartas de amor
É que são
Ridículas.



Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.



A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.



(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)
 
 
Álvaro de Campos