MAR

MAR

17 dezembro, 2010

‘Mistérios de Lisboa’ vence prémio de prestígio em França

O filme de Raúl Ruiz, ‘Mistérios de Lisboa’, venceu o Prémio Louis Delluc, que distingue o melhor filme do ano em França.


A obra, protagonizada por Maria João Bastos, levou a melhor face a outras obras como ‘O Escritor Fantasma’, de Roman Polanski, ‘Carlos’, de Olivier Assayas, ‘Des Filles en Noir’, de Jean-Paul Civeyrac, ‘Dos Homens e dos Deuses’, de Xavier Beauvois, ‘La Princesse de Montpensier’, de Bertrand Tavernier, ou ‘White Material’ de Claire Denis.

Esta distinção de prestígio sucede-se à Concha de Prata para Melhor Realizador no Festival de San Sebastián e o Prémio da Crítica na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo para ‘Mistérios de Lisboa.

Em França, esta adaptação da obra de Camilo Castelo Branco continua a cumprir o seu percurso nos cinemas: está em exibição em cinco salas de cinema de Paris e, por todo o país, dezenas de cidades acolhem a obra do cineasta chileno.

Fundado em 1937, o Prémio Louis Delluc é presidido por Gilles Jacob. Na edição de 2009, a obra vencedora tinha sido ‘Um Profeta’ de Jacques Audiard. Ao longo da história do galardão, foram reconhecidas obras de autores como Jean-Luc Godard, François Truffaut, Jacques Tati ou Éric Rohmer.



Sem comentários: