MAR

MAR

12 fevereiro, 2017

O Bom Inverno de João Tordo



Após a leitura de As Três Vidas do mesmo autor, galardoado com o Prémio Saramago, espera-se que este esteja ao mesmo nível.
Bem escrito, o autor apresenta-nos um enredo policial que mantém o leitor preso e por vezes surpreendido com o desenrolar da ação.
O narrador é um escritor português frustado e depressivo (o facto de coxear e usar bengala é apenas psicológico) que aceita um convite para participar num encontro de escritores, na Hungria. Aí conhece outros escritores e vai envolver-se numa aventura estranha e negra...
Gostei, lê-se bem. No entanto, continuo a achar que As Três Vidas está num patamar superior.



Sem comentários: