MAR

MAR

22 fevereiro, 2013

Hélia Correia ganha Correntes d'Escritas




Na 14.ª edição  do Festival Literário Correntes d’Escritas/Casino da Póvoa,  o livro A Terceira Miséria (edição Relógio d’Água) valeu a Hélia Correia o prémio deste festival literário.
 
O júri, constituído por Almeida Faria, Carlos Vaz Marques, Helena Vasconcelos, José Mário Silva e Patrícia Reis, considerou que o livro de Hélia Correia, “é um longo poema construído a partir da matriz clássica europeia para reflectir sobre questões fundamentais do Ocidente”.
 
Ao receber o prémio, Hélia Correia assumiu que A Terceira Miséria é “uma homenagem à [sua] Grécia”. A escritora destacou, de resto, que aquele país – como Portugal – “está a sofrer uma pressão impensável”, e que o seu livro é portador de “uma mensagem muito forte: quase um pedido de socorro, um grito”, a reivindicar e apontar alternativas para a situação dos países que mais estão a sofrer com a crise. “É preciso lançar um grito como o das canções portuguesas a que, por exemplo, José Mário Branco deu expressão: ‘Alevantai-vos!’”, disse Hélia Correia.

Sem comentários: