MAR

MAR

23 janeiro, 2012

As Histórias de Paula Rego em Paris

As Histórias de Paula Rego em Paris
Pormenor 'Mãe', 1997




Pela primeira vez em Paris, será apresentada uma exposição com obras representativas de Paula Rego, entre 26 de janeiro e 1 de abril, nas novas instalações da Fundação Gulbenkian, no Boulevard de La Tour Maubourg.

Comissariada por Helena de Freitas, diretora da Fundação Paula Rego – Casa das Histórias, a mostra vai reunir cerca de três dezenas de obras que incidem sobre as duas últimas décadas de trabalho da artista (1988-2009). Longe de se assumir como retrospetiva, a exposição centra-se, antes, nas séries temáticas que mais contribuíram para o reconhecimento internacional da força e originalidade de Paula Rego. O destaque vai para as pinturas de grandes formatos (pastel), mas também inclui desenhos e gravuras.

A mostra apresenta uma artista figurativa que domina a técnica e os recursos estéticos dos grandes mestres, desenvolvendo uma linguagem plástica que interpela o espectador, comovendo-o ou violentando-o. Tomando como modelo os grandes mestres, ou desenvolvendo a multiplicidade das suas fontes, através da citação de grandes autores literários, como Genet, Eça, Kafka ou Balzac, do cinema, do teatro ou da dança, e sobretudo procurando inspiração na crueza dos contos populares, Paula Rego assume-se, essencialmente, como contadora de histórias.

Nascida em Lisboa, em 1935, e tendo feito a sua formação em Londres, onde vive há várias décadas, Paulo Rego é uma das mais destacadas pintoras da atualidade. 

A exposição pode ser vista de segunda a sábado, das 9h às 18h no Boulevard de La Tour Maubourg, n.º 39, no Bairro dos Invalides. 





Sem comentários: