MAR

MAR

18 dezembro, 2011

Os melhores livros do ano, por Helena Vasconcelos



1. As Luzes de Leonor, Maria Teresa Horta

2. A Filha do Coveiro, Joyce Carol Oates

3. O Retorno, Dulce Maria Cardoso

4. A Questão Finkler, Howard Jacobson

5. Liberdade, Jonathan Franzen

6. O Último Homem na Torre, Aravind Adiga

7. O Filho do Desconhecido, Alan Hollinghurst

8. A Mulher do Tigre, Téa Obreht

9. Canções Mexicanas, Gonçalo M. Tavares

10. Némesis, Philip Roth

11. O Sentido do Fim, Julian Barnes

12. Pátria Apátrida, W. G. Sebald

13. Comissão das Lágrimas, António Lobo Antunes

14. O Haiku das Palavras Perdidas, Andrés Pascual

15. O Quarto de Jack, Emma Donoghue

16. A Educação Sentimental dos Pássaros, José Eduardo Agualusa

17. Lusco-Fusco, Cristina Carvalho

18. O Profeta do Castigo Divino, Pedro Almeida Vieira

19. Por Este Mundo Acima, Patrícia Reis

20. O Amante é Sempre o Último a Saber, Rui Zink

in Ipsilon, Público, 16-12-2011

Sem comentários: