MAR

MAR

16 dezembro, 2011

A Lisboa de Fernando Pessoa editada num livro, em França





O livro "Lisbonne", apresentado hoje no Consulado Geral de Portugal em Paris, França, junta fotografias de Edith Bricogne e textos do "Livro do Desassossego", de Fernando Pessoa, e abre uma janela com um caminho fotografado sobre Lisboa.

A fotógrafa, professora e artista plástica Edith Bricogne contou à agência Lusa que esta é uma viagem pela cidade, "a partir do Tejo e a terminar no Tejo".

"A primeira fotografia é tirada a partir de Cacilhas, na outra margem do rio. E depois entramos lentamente em Lisboa, passamos pelos seus bairros - Alfama, Bairro Alto, Lapa, Graça, Chiado -, pelos quiosques, pelas ruas labirínticas, pela calçada irregular branca e preta, pelas fachadas coloridas de azulejos?", acrescentou.

O livro passa também pela Sé, pelo Mosteiro de São Vicente, pela Casa dos Bicos, pelo Mosteiro dos Jerónimos e pela a Torre de Belém. Não esquece, lembra a autora, "a Lisboa mais contemporânea": a Ponte Vasco da Gama, o Parque das Nações, o Museu do Oriente.

"Lisbonne" é resultado de uma paixão pela cidade, foi um projeto de dois anos, metade desse tempo para fazer o passeio e a tirar as fotografias: "O percurso estava já na minha cabeça. Depois fiz quatro pequenas viagens a Lisboa e o resto foi construído com a ajuda da editora", explicou.

Anne Lima, das edições Chandeigne, considera que "não havia, até agora, em França um livro assim sobre Lisboa": "Por isso decidimos oferecer aos leitores Lisboa como nós gostamos de a ver, com imagens de página inteira, e com referências ao "Livro do Desassossego, de Fernando Pessoa, incontornável quando se fala da cidade", acrescentou.

No fim do livro estão reproduzidas todas as fotografias que o compõem, arrumadas sobre um mapa da cidade.

"Lisbonne" é uma janela de fotografias sobre a cidade, é uma viagem de pôr no bolso.

Sem comentários: