MAR

MAR

06 dezembro, 2010

Columbano Bordalo Pinheiro (1900-1929) no MNAC


Columbano Bordalo Pinheiro
(Lisboa, 21 de Novembro de 1857 — Lisboa, 6 de Novembro de 1929)
(auto-retrato, s/ data, Museu do Chiado, Lisboa)

"Retratos" é a exposição patente no Museu nacional de Arte Contemporânea/ Museu do Chiado, em Lisboa. São 73 quadros de colecções particulares, de museus nacionais e estrangeiros (Orsay, Pitti ou Belas Artes do Rio de Janeiro).

Retratos de dezenas de figuras da sociedade portuguesa de fins do século XIX e princípios do século XX, na maioria dos casos de pessoas ligadas às artes, Antero de Quental, Raul Lino, Teixeira de Pascoais, Viana da Mota, José de Figueiredo, Raul Brandão, Afonso Lopes Vieira, Augusto Rosa, actor Vale, Eduardo Brazão, Abel Botelho, Jaime Batalha Reis são apenas alguns exemplos.

A exposição inclui ainda um núcleo dedicado ao estudo laboratorial feito sobre quadros de Columbano, no qual se inclui o retrato de Rafael Bordalo Pinheiro, e um outro dedicado à pintura decorativa, esta bem diferente da restante obra do artista e que abrange, entre outros, pinturas para o Palácio do Beau Séjour e outras para o Palácio de Belém.

A exposição, comissariada por Maria de Aires Silveira, decorre até ao dia 27 de Março de 2011.

Sem comentários: