MAR

MAR

02 julho, 2009

Sophia 5 anos depois da sua última viagem

O Público - P2 - publicou no dia 21 de Junho um artigo sobre Sophia de Mello Breyner (pp. 4,7). Nesse artigo, divulgou um poema inédito da poetisa que embarcou para a sua última viagem, faz hoje cinco anos.
Transcrevo, em sua homenagem, o dito poema inédito ao qual junto uma foto do mar da Grécia(2006) que Sophia tanto aprecia (deve certamente continuar a apreciá-lo!)

Inocência e possibilidade

As imagens eram próximas
Como coladas sobre os olhos
O que nos dava um rosto justo e liso
Os gestos circulavam sem choque nem ruído
As estrelas eram maduras como frutos
E os homens eram bons sem dar por isso.


Sem comentários: