MAR

MAR

17 julho, 2009

Beleza e força das mulheres africanas


Jacques Beaumont – Après midi en Afrique – óleo sobre tela


(...)

Depois, as camponesas retomam o caminho, com latas e fardas à cabeça. Só então percebo a elegância de que são capazes. O passo de gazela anula o peso que transportam, as ancas flutuam como bailarinas evoluindo num palco sem fim. Elas estão em eterno espectáculo num palco, exactamente porque ninguém nunca olha para elas. De lata na cabeça, atravessam a fronteira entre céu e terra. (...)

in Jesusalém, Mia Couto

Sem comentários: