MAR

MAR

25 agosto, 2008

L'incendie du Chiado de François Vallejo


François Vallejo, escritor francês, acabou de publicar um livro intitulado L'incendie du Chiado. O livro apareceu nas bancas das livrarias no dia 20 de Agosto e a acção ocorre em Lisboa, nos dias 25 de Agosto de 1988 e seguintes .


Vallejo nasceu em Le Mans, Normandie, a 10 de Fevereiro de 1960, é professor de Letras Clássicas na cidade de Le Havre, também na Normandie.


Publicou as seguintes obras nas Edições Viviane Hamy :

- Vacarme dans la salle de bal (1998)
- Pirouettes dans les ténèbres (2000)
- Madame Angeloso (2001): Prémio France-Télévisions (romance) em 2001; foi ainda seleccionado para o prèmio Goncourt 2001, bem como para os prémios Femina e Renaudot
- Groom (2003): Prémio Culture & Bibliothèque e Prémio Libraires, ambos em 2004
- Le voyage des grands hommes (2005)

- Dérive (2007)
- Ouest (2006): Prémio Livre Inter (2007)

- L'Incendie du Chiado (2008)


"25 août 1988, s’embrase le Chiado, le plus vieux quartier de Lisbonne.
De la fenêtre de son hôtel, François Vallejo est l’un des premiers à entendre le grondement des flammes, à voir le ciel se métamorphoser, à sentir les couleurs de l’incendie, le rouge, le jaune… grimper à toute allure les étages des magasins.
Cette image s’est imprimée dans son regard et il restitue, vingt ans plus tard, des sensations, des émotions par le biais de cinq personnes qui refusent d’évacuer les lieux, pour s’enfoncer dans les décombres et les cendres...
« Il s’arrête et respire un grand coup. Les autres en profitent pour sortir de leur engourdissement. Il faut se détacher de lui. C’est plus facile, sans sa voix. Ils voudraient ne plus l’avoir devant eux ; chercher d’autres regards humains, partager les mêmes pensées, pour se rassurer, se dire qu’ils ne sont pas comme ça, eux.
Pas acceptable, avoir mangé, bu, parlé avec lui, l’avoir écouté surtout. Ils ne pouvaient pas imaginer. Ils se sont fait avoir. Ils ont été embarqués malgré eux. Ils n’avaient aucune raison de rester dans cette ville en feu. Pourquoi n’ont-ils pas fait comme tout le monde ?
Il n’est pas un homme comme eux, pas un homme du tout. Il va nous contaminer, il l’a dit. C’est déjà fait, peut-être

Balthus (1908-2001)

Nascido em Paris, de ascendência polonesa, Balthus (conde Balthasar Klossowski de Rola) morreu em fevereiro de 2001, pouco antes de completar 93 anos, no seu castelo do século XVIII na vila suíça de Rossinière.
~
Para comemorar o centenário do seu aniversário, foi organizada uma grande exposição que inclui os famosos retratos de meninas adolescentes em estilo Lolita; paisagens, cenas de ruas em Paris e desenhos de personagens de "Alice no País das Maravilhas" que Balthus fez para sua filha Harumi, e ainda fotos da família tiradas nos anos 1990 pelo seu amigo Henri Cartier-Bresson.
Para que a Fundação Pierre Gianadda pudesse levar a cabo a exposição do artista, colaboraram com a cedência de obras, para além dos familiares, museus como O Tate Museum, o Centre Pompidou, o Metropolitan Museum of Art de New York e o Museum of Modern Art (Moma), bem como coleccionadores particulares, num total de 150 telas e desenhos.

Para ilustrar a capa do catálogo foi escolhida a tela "Therèse Revant" (1938), que mostra uma menina vestida sentada numa cadeira com os olhos fechados e as pernas abertas. Um gato cinzento lambe leite de uma tigela a seus pés.
A exposição ficará patente até ao dia 23 de Novembro, Martigny, Suiça

Nu com gato (1948-50)

A saia branca (1937)

Auto retrato (O Rei dos Gatos)

Museu efémero do graffiti

No dia 17/07/08 foi inaugurado o Museu Efémero. Com lugar no Bairro Alto, este museu ao ar livre é organizado pela Pampero Fundación e pelo Movimento Acorda Lisboa. Trata-se de uma nova forma de abordar este conceito de arte. Os responsáveis pela iniciativa fizeram um inventário de todas as manifestações desta arte urbana (graffiti, stencils e stickers) que se encontram espalhadas pelas paredes e portas deste bairro e criaram um museu virtual onde se pode fazer o download de um mapa-guia que ajudará a percorrer as ruas do Bairro alto/Bica para descobrir as referidas obras.


Bom circuito e mãos à obra!!

Centenário de Henri Cartier-Bresson

Cartier-Bresson
Matisse por Cartier-Bresson
Henri Cartier-Bresson (22 de Agosto de 1908, Chanteloup-en-Brie, Seine e Marne - 2 de Agosto de 2004, Cereste, Vaucluse) festejaria este ano o seu centésimo aniversário.

24 agosto, 2008

Resultados portugueses - Pequim2008

ATLETISMO
800 metros
Maria do Carmo Tavares
2:01.91- 6º lugar da 6ª série - 1ª prova qualificação
5000 metros
Jéssica Augusto
16:05.71 - 14º lugar da 1ª série - 1ª prova qualificação
3000 metros Obstáculos
Feminino
Jéssica Augusto
9:30.23 - 4º lugar da 2ª série - 1ª prova qualificação
Clarisse Cruz
9:49.45 - 15º lugar da 1ª série - 1ª prova qualificação
Sara Moreira
9:34.39 - 10º lugar da 3ª série - 1ª prova qualificação
Masculino
Alberto Paulo
8:39.11 - 11º lugar da 1ª série - 1ª prova de qualificação
Maratona
Feminino
Ana Dias - 2:36:25 - 46º lugar
Inês Monteiro -desistiu
Marisa Barros - 2:34:08 - 32º lugar
Masculino
Paulo Gomes -2:18:15 - 30º lugar
Hélder Ornelas - 2:23.20 - 46º lugar
Vara
Sandra Tavares -
4.30 m - 9º lugar da série A - prova de qualificação
Salto em Comprimento
Naide Gomes -
6.29 m - 15º lugar da série A - prova de qualificação
Martelo
Vânia Silva
59,42 m - 23º lugar da série A - prova de qualificação
Dardo
Sílvia Cruz
57,06 - 14º lugar da série A - prova de qualificação
20 km Marcha
Feminino

Ana Cabecinha - 1:27:46 - 8º lugar
Susana Feitor - desistiu
Vera Santos - 1:28:14 - 10º lugar
Masculino
Sérgio Vieira - 1:29:52 - 46º lugar
João Vieira - 1:25:05 - 32º lugar
50 km Marcha
João Vieira - desistiu
António Pereira -3:48:12 - 11º lugar
Augusto Cardoso -4:09:00 - 40º lugar
100 metros
Francis Obikwelu
10.25 - 1º lugar da 7ª série - 1ª prova de qualificação
10.09 - 3º lugar da 4ª série - 2ª prova de qualificação
10.10 - 6º lugar 2ª 1/2 final
200 metros
Francis Obikelu - desistiu
Arnaldo Abrantes
21.46 - 8º lugar da 2ª série - 1ª prova de qualificação
400 metros Barreiras
Edivaldo Monteiro
49.89 - 6º lugar da 1ª série - 1ª prova de qualificação
10.000 metros
Rui Pedro Silva - 29:09. 03 - 34º lugar
Triplo Salto
Nélson Évora -
17.34 m - 2º lugar (grupo A) na prova de qualifiação
17.67 m - 1º lugar da final - OURO
Peso
Marco Fortes
18.05 m - 20º lugar (grupo B) da prova de qualificação

BADMINTON
Singulares Feminino

Ana Moura
eliminada por 21/9 - 21/13 na 1ª eliminatória
Singulares Masculino
Marco Vasconcelos
eliminado por 21/16 - 21/14 na 1ª eliminatória

CANOAGEM
K1 500

Teresa Portela
1:53.76 - 6º lugar na prova de qualificação
1:54.83 - 6º lugar na 1/2 final
K2 500
Helena Rodrigues/Beatriz Gomes
1.47.58 - 7º lugar na prova de qualificação
1:46.02 - 6º lugar na 1/2 final
K1 500
Emanuel Silva
1:42.51 - 7º lugar na prova de qualificação
1:45.98 - 5º lugar na 1/2 final
K1 1000
Emanuel Silva
3:31.84 -4º lugar na prova de qualificação
3:34.50 - 4º lugar na 2ª meia -final

CICLISMO
Estrada

André Cardoso - 6:39:42 - 72º lugar
Nuno Ribeiro - 6:26:17 - 28º lugar

EQUESTRE
Ensino Individual
Carlos Pinto - 61.708% -39º lugar
Daniel Pinto - 63.083 % -33º lugar
Miguel Duarte -desistiu
Ensino por equipas
Carlos Pinto/Daniel Pinto/Miguel Duarte - eliminada

ESGRIMA
Florete
Débora Nogueira
perdeu por 4 / 15 na 1ª eliminatória
Espada
Joaquim Videira
ganhou por 15 /10 na 1ª eliminatória
perdeu por 9 /15 na 2ª 2liminatória

JUDO
-48 kg

Ana Hormigo - 7º Lugar
-52 kg
Telma Monteiro - 9º lugar
-66 kg
Pedro Dias - 9º lugar
-73 kg
João Pina - 11º lugar
-81 kg
João Neto - 9º lugar

NATAÇÃO
100 metros Livres
Tiago Venâncio -
50.30 - 7º lugar na 5º série - 1ª eliminatória
200 metros Livres
Tiago Venâncio
1:50.24 - 8º lugar na 5ª série - 1ª eliminatória
200 metros Estilos
Diogo Carvalho
2:00.66 - 6º lugar na 6ª série - 1ª eliminatória
1500 metros Livres
Fernando Costa
15:26.21 -6º lugar na 2ª série - 1ª eliminatória
100 metros Bruços
Diana Gomes
1:10.02 - 3º lugar na 4ª série - 1ª eliminatória
200 metros Bruços
Feminino

Diana Gomes
2:30.18 - 5º lugar na 3ª série - 1ª eliminatória
Masculino
Carlos Almeida
2:13.34 - 1º lugar na 2ªa série - 1ª eliminatória
100 metros Mariposa
Sara Oliveira
59.48 -3º lugar na 3ª série - 1ª eliminatória
200 metros Mariposa
Sara Oliveira
2:10.14 - 3º lugar na 2ª série - 1ª eliminatória
200 metros Costas
Pedro Oliveira
2:01.08 - 6º lugar na 3ª série -1ª eliminatória
200 metros Mariposa
Pedro Oliveira
1:57.41 - 2º lugar na 3ª série - 1ª eliminatória
100 metros Mariposa
Simão Morgado
52.80 - 3º lugar na 5ª série - 1ª eliminatória
10 km Maratona – Águas Abertas
Feminino
Daniela Inácio - 1:31.3 - 17º lugar
Masculino
Arseniy Lavrentyev - 2:03:39 - 22º lugar

REMO
LM 2x
Nuno Mendes/Pedro Fraga - 8º lugar

TAEKWONDO
-58 kg

Pedro Póvoa - 7º lugar

TÉNIS DE MESA
Singulares
João Pedro Monteiro
perdeu na 1ª volta por 3-4
Marcos Freitas
venceu na 1ª volta por 4-1
perdeu na 2ª volta por 2-4
Tiago Apolónia
perdeu na 1ª volta por 1-4

TIRO
Pistola Livre

João Costa -549 -32º lugar
Pistola de Ar Comprimido
João Costa - 579 - 17º lugar

TIRO COM ARMAS DE CAÇA
Trap – Fosso Olímpico

Manuel Vieira da Silva -
1º dia -68 - 22º lugar
2º dia -111 -21º lugar
qualif. 111 - 27º lugar

TIRO COM ARCO
Individual Masculino
Nuno Pombo
perdeu na 1ª eliminatória por 103/106 setas

TRAMPOLINS
Feminino
Ana Rente - 31.60 - 16º lugar
Masculino
Diogo Ganchinho - 69.10 - 11º lugar

TRIATLO
Feminino
Vanessa Fernandes -1:59:34.63 - 2º lugar PRATA
Masculino
Bruno Pais - 1:50:40. 22 - 17º lugar
Duarte Marques - 1:55:06.57 - 45 lugar

VELA
Star
Afonso Domingos/Bernardo Santos
72 pontos - 8º lugar
470
Álvaro Marinho/Miguel Nunes
102 pontos - 8º lugar
49er
Jorge Lima/Francisco Andrade
100 pontos - 11º lugar
Laser
Gustavo Lima
76 pontos - 4º lugar
Prancha RS:X
João Rodrigues
100 pontos - 11º lugar

21 agosto, 2008

Medalhados Portugueses em JO

1924 - Paris
Hipismo -Obstáculos (equipa) :
Medalha de Bronze
Aníbal Almeida Hélder Martins
José Albuquerque
Luís Mendes

1928 - Amesterdão

Esgrima - Espada (equipa): Medalha de Bronze
Paulo Leal
Mário de Noronha
Jorge Paiva
Frederico Paredes
João Sasseti
Henrique da Silveira

1936 - Berlim
Hipismo - Obstáculos (equipa): Medalha de Bronze
Luís Mena Silva
Domingos Coutinho
José Beltrão

1948 - Londres
Vela - Classe Swallow: Medalha de Prata
Duarte Bello
Fernando Bello

Hipismo - Dressage (equipa): Medalha de Bronze
Fernando Pães
Francisco Valadas Jr.
Luís Mena e Silva

1952 - Helsínquia
Vela - Classe Star: Medalha de Bronze
Joaquim Fiúza
Francisco Andrade

1960 - Roma
Vela - Classe Star: Medalha de Prata
Mário Gentil Quina
José Gentil Quina

1976 - Montreal
Atletismo - 10 000 m: Medalha de Prata
Carlos Lopes

Tiro - Fosso Olímpico: Medalha de Prata
Armando Marques

1984 - Los Angeles
Atletismo - Maratona: Medalha de OURO
Carlos Lopes

Atletismo - Maratona: Medalha de Bronze
Rosa Mota

Atletismo – 5 000 m: Medalha de Bronze
António Leitão

1988 - Seul
Atletismo - Maratona: Medalha de OURO

Rosa Mota

1996 - Atlanta
Atletismo - 10 000 m: Medalha de OURO
Fernanda Ribeiro

Vela – Classe 470: Medalha de Bronze
Nuno Barreto

Hugo Rocha

2000 - Sydney
Atletismo - 10 000 m: Medalha de Bronze
Fernanda Ribeiro

Judo – menos 81kg : Medalha de Bronze

Nuno Delgado

2004 - Atenas
Atletismo – 100 m: Medalha de Prata
Francis Obikwelu

Ciclismo - Estrada: Medalha de Prata
Sérgio Paulinho

Atletismo – 1500 m: Medalha de Bronze
Rui Silva

2008 - Pequim
Atletismo - Triplo Salto: Medalha de OURO
Nelson Évora

Triatlo: Medalha de Prata
Vanessa Fernandes

Jogos Olímpicos de Verão: Cidades-sede

Cidades-sede dos Jogos Olímpicos de Verão
Jogos Olímpicos de Verão:
1896 - I Olimpíada - Atenas, Grécia
1900 - II Olimpíada - Paris, França
1904 - III Olimpíada - Saint Louis, Estados Unidos
1906 - Edição comemorativa - Atenas, Grécia
1908 - IV Olimpíada - Londres, Reino Unido
1912 - V Olimpíada - Estocolmo, Suécia
1916 - VI Olimpíada - Não realizada
1920 - VII Olimpíada - Antuérpia, Bélgica
1924 - VIII Olimpíada - Paris, França
1928 - IX Olimpíada - Amsterdã, Holanda
1932 - X Olimpíada - Los Angeles, Estados Unidos
1936 - XI Olimpíada - Berlim, Alemanha
1940 - XII Olimpíada - Não realizada
1944 - XIII Olimpíada - Não realizada
1948 - XIV Olimpíada - Londres, Reino Unido
1952 - XV Olimpíada - Helsínque, Finlândia
1956 - XVI Olimpíada - Melbourne, Austrália
1960 - XVII Olimpíada - Roma, Itália
1964 - XVIII Olimpíada - Tóquio, Japão
1968 - XIX Olimpíada - Cidade do México, México
1972 - XX Olimpíada - Munique, Alemanha Ocidental
1976 - XXI Olimpíada - Montreal, Canadá
1980 - XXII Olimpíada - Moscou, União Soviética
1984 - XXIII Olimpíada - Los Angeles, Estados Unidos
1988 - XXIV Olimpíada - Seul, Coreia do Sul
1992 - XXV Olimpíada - Barcelona, Espanha
1996 - XXVI Olimpíada - Atlanta, Estados Unidos
2000 - XXVII Olimpíada - Sydney, Austrália
2004 - XXVIII Olimpíada - Atenas, Grécia
2008 - XXIX Olimpíada - Pequim, China
2012 - XXX Olimpíada - Londres, Reino Unido

Parabéns Nelson!

Nelson Évora atingiu a distância de 17,67 no seu 4º salto, na final do triplo salto. Com este magnífico salto, Nelson sagrou-se campeão olímpico.



19 agosto, 2008

Parabéns Gustavo Lima!


O velejador português Gustavo Lima conquistou, hoje, o 4º lugar na prova de vela da classe Laser, dos Jogos Olímpicos Pequim 2008.

O facto de não ter ficado num dos 3 lugares do podium não lhe retira o mérito de ter feito uma óptima prova e de se ter esforçado para alcançar os seus objectivos. Trata-se de uma prova com muitas regatas (onze) onde é necessário lutar contra os adversários, mas também contra as condições atmosféricas.

18 agosto, 2008

Parabéns Vanessa!





A Vanessa Fernandes está de parabéns pela medalha de prata que conquistou na prova de triatlo, nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008. Mas também merece os parabéns pela coragem que teve em manifestar-se sobre o comportamento menos competitivo de alguns atletas. As sua declarações são muito oportunas, pois revelam a forma como se encara o desporto e, neste caso a alta competição em Portugal! A maioria dos nossos atletas não revela espírito de responsabilidade! Pois o que ficou das muitas declarações que se foram ouvindo, ao longo da competição, é que o importante é estar presente! Ora, o importante é dar o seu melhor e aprender com os outros mais fortes e mais experientes.

17 agosto, 2008

A mesma viagem, duas visões: Pasolini e Moravia


Por coincidência, este fim-de-semana, o Expresso e o Público em Actual e Ípsilon, respectivamente, apresentam os dois livros escritos por Alberto Moravia e Pier Paolo Pasolini que narram a viagem que ambos (acompanhados por Elsa Morante) fizeram à Índia, em 1961. Segundo os dois jornais o livro de Moravia - Uma Ideia da Índia - parece ser mais objectico, mais técnico, enquanto o de Pasolini - O Cheiro da Índia - é mais lírico e mais "naif".

Quanto ao livro de Pasolini, que já li, reconheço que a sua descrição da Índia é realmente lírica, baseada nas suas deambulações pelos lugares visitados "sabia-me bem caminhar, só, mudo, aprendendo a conhecer passo a passo aquele novo mundo ...".

As imagens utilizadas, ao longo da escrita,revelam isso mesmo. Pasolini serve-se dos seus cinco sentidos para melhor entender a Índia e os indianos. Ele armazena toda a informação vivendo intensamente esse tempo, captando-a sobretudo através do olhar e do cheiro. E é com base nisso que ele relata a sua experiência e as suas impressões. "... cores perdidamente vivas, sem sombra de delicadeza, verdes que eram azuis, azuis que eram violeta; o ouro dos recipientes para a água, pequenos e preciosos como escrínios; as concentrações da turba vestida de faixas de pano adejantes; os sorrisos nos rostos negros sob os turbantes brancos – tudo isso reverberava nos meus olhos, imprimindo-se na córnea com uma violência tal que a traçava."


Ele próprio recomenda a leitura dos artigos escritos pelo seu amigo para um melhor entendimento dos aspectos mais técnicos (p.23).
Agora, resta-me ler o livro de Moravia (seguindo o conselho de Pasolini) par complementar as impressões recolhidas na leitura de O Cheiro da índia.

15 agosto, 2008

A Multiplicidade do Vértice - Picasso


"A Multiplicidade do Vértice", comissariada por Pedro Pizarro, revela algumas das melhores obras gráficas e ilustrações de Pablo Picasso em exposição no Centro de Artes, de Sines


Centro de Exposições:15 Agosto - 19 Outubro


Parceria Centro de Artes de Sines, Fundação António Prates, Museo Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporáneo (MEIAC), Asociacion de Amigos del Museo Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporaneo, Junta de Extremadura.

08 agosto, 2008

Beijing 2008 - Espaços olimpícos

Eis dois dos espaços principais onde se vão realizar provas importantíssimas destes Jogos Olímpicos. Trata-se de 2 exemplares arquitectónicos muito interessantes e que marcarão a história da Arquitectura.
Para conhecer outros espaços consultar o site oficial em: http://fr.beijing2008.cn/44/47/sites.shtml





Beijing 2008 - Mais Imagens






Beijing 2008 - Imagens






Beijing 2008 - Imagens







Beijing 2008 - Imagens






Beijing 2008 - Imagens





Beijing 2008 - Imagens